O frustrado Odell Beckham derruba os fãs de refrigeração e os Sportingbet gigantes perdem para os Eagles

O time da casa ainda tem a sua própria Guinness, agora uma lenda tão boa que ele está abrindo um pub irlandês na cidade com seu ex-companheiro de equipe Carl Rimmer. O Stand Off (seu nome é compartilhado com o bar famoso instalado em sua própria garagem para uso recreativo) está a poucos dias de servir seus primeiros clientes, mas, quando isso acontecer, a fila para comprar Gareth Steenson um litro vai esticar para Topsham e de volta. Se um jogador sintetiza até que ponto Exeter viajou, é “Steeno”, como uma figura fundamental na ascensão dos chefes como Ronan O’Gara e Johnny Sexton foram para suas respectivas tribos. Taça dos Campeões Europeus 2018-19: pool-by- guia de piscina Leia mais

A única diferença é que Steenson nunca jogou um minuto de teste de rugby.Ele ainda se lembra do dia da mudança de vida em 2006, quando foi capitão dos Sub-21 da Irlanda e participou de duas Copas do Mundo. Ele foi chamado por Mark McCall, então treinador do Ulster, e disse que estava sendo libertado por sua província natal. porque David Humphreys decidiu continuar jogando por mais um ano. Quão diferente as fortunas respectivas de Ulster e Chiefs se desdobraram se ele tivesse ficado? Quase 2.500 pontos para Exeter mais tarde, agora é McCall que faz careta sempre que seus caminhos se cruzam. A verdade, no entanto, é que os Sportingbet bônus anos errantes de Steenson nos remansos do Campeonato Inglês com Rotherham, Cornish Pirates e Chiefs. foram a fabricação dele.Ao longo do caminho, ele aprendeu muito sobre autoconfiança, sobre realização emocional e, acima de tudo, sobre si mesmo. “Se minha esposa me descrever ‘teimoso’ seria uma das palavras que ela usaria”, ele murmura, refletindo no sol do meio da semana em sua rota tortuosa de Dungannon para as principais mesas da Europa. “Eu acho que toda a minha carreira foi construída quando soube que não era boa o suficiente. Você precisa superar as coisas. Se você tem coisas que você não gosta. Mesmo agora, na tenra idade em que estou, vejo todos os jogos como bônus. Saia e aproveite, porque se você gosta de algo, você tende a ser bom nisso. ”McCall, por exemplo, há muito ergueu as mãos em admiração.Mesmo com 34 anos, Steenson continua sendo o coração de Exeter, e seus anos de adversidade forjaram um atirador de prata que sente falta de chutes a gol tão frequentemente quanto Rob Baxter baixa o hip hop. “Mark diz que agora me usa como um grande exemplo para Sportingbet ofertas de apostas todos os seus jovens jogadores”, revela Steenson. “Era muito difícil ser informado: ‘Ou vá e consiga um emprego ou tente algo nas ligas inferiores.’ É fácil sentar aqui agora, mas na época foi difícil.”

Mesmo agora, a tenacidade que vou mostrar a eles, que o arrastou, mostra poucos sinais de diminuição. Ignore a barba do professor universitário e concentre-se nos olhos estreitos quando os grandes jogos se aproximarem.Baxter descreve seu No10 como “ainda um dos nossos melhores treinadores” e pode confiar nele para estimular todos ao seu redor: “Em certos jogos quando estamos um pouco fora, ele pode ser o gatilho. Mesmo em jogos, quando parece que vamos ganhar e as coisas parecem confortáveis, ele ainda estará pregando conversas touchline. ”The Breakdown: Inscreva-se e receba nosso e-mail semanal de união de rugby.

Steenson, porém, não é um autômato. Ele simplesmente chegou ao ponto em que ele entende tão precisamente o que o faz – e por extensão, Exeter – assinalar que ele está reescrevendo as regras tradicionais da psicologia esportiva. Você já ouviu, por exemplo, um goleiro que recomenda falta de chutes no treinamento? “Eu gosto de praticar falta. A pior coisa que você pode fazer é sair e acertar 30 chutes de 30.Você não quer perder uma em um jogo e não sabe como lidar com isso. No final do dia, tudo gira em torno das duas polegadas superiores. ”Pesquisas de rúgbi francesas antes da visita de Newcastle a Toulon | The Breakdown Leia mais

Ele adota uma abordagem intuitiva similar aos seus deveres defensivos. Quando Exeter foi promovido pela primeira vez, ele foi percebido, com apenas 5ft 10in e 87kg, como um defensor relativamente fraco. Não mais. “Eu sempre fui estereotipada e disse que não era boa nisso. Não gosto de saber que não sou bom em alguma coisa. Eu agora trato muito como chutar. Se eu quero ser o melhor kicker eu tenho que praticar isso. Se eu quero ser um defensor confiante, o mesmo se aplica. Eu tentei ter uma mentalidade diferente: ir e atacar tackles e gostar de Sportingbet apostas grátis defender. Eu ainda sinto falta de tackles, mas não vou perder o sono por causa disso.Há um pouco de física envolvida quando você tem um homem de 120 kg correndo diretamente para você. Mas se eu puder acelerar o jogo e alguém o levar, eu ficarei com ele. ”E agora, tendo conseguido o objetivo de tempo inativo que garantiu o título de Exeter na Premiership de 2017 e direcionou sua equipe invicta para No topo da tabela doméstica desta temporada, a fronteira final é a Europa. Não menos importante contra Leinster em casa no ano passado, os chefes nem sempre entregaram contra as roupas mais poderosas do continente. Nesta temporada eles estão atacando ativamente o jogo Munster por várias semanas. “No ano passado, provavelmente fomos para a Europa um pouco. Este ano, não queremos apenas agitar e esperar.Temos uma expectativa de que temos um jogo sólido, um jogo que pode prejudicar a maioria dos lados.

“Em tempos passados, provavelmente já procuramos peças milagrosas, que normalmente não fazemos. Faz. Eu acho que isso mudou; Nós temos uma mentalidade vencedora agora. Se colocarmos nosso melhor jogo lá fora, temos a confiança de que podemos vencer quem jogarmos. Nós não somos vistos como o segundo clube favorito de todos ou apenas o mais corajoso azarão. Acho que estamos em um ponto em que temos um esquadrão que pode realmente alcançar as coisas. ”Quando“ Steeno ”mira em algo, seja em um pub irlandês ou dividindo um conjunto de posts distantes, a história sugere acontecer.